Casca-de-anta

Drymis brasiliensis


Nome popular: Casca-de-anta
Nome científico: Drymis brasiliensis
Exigência por fertilidade:
Ciclo de vida:
Estrato:
Boa produtora de biomassa:
Alimento humano:
Atração de fauna e polinizadores:
Forrageira:
Potencial madeireiro:
Potencial Medicinal:
Potencial de renda e mercado:
Ocorrência predominante/ bioma indicado:


Drimys brasiliensis


Drimys brasiliensis é uma espécie de plantas da família winteraceae, conhecida popularmente como cataia ou casca d’anta, é nativa do Brasil, e sua distribuição está associada às regiões de ocorrência da Floresta ombrófila mista e da Floresta ombrófila densa.
Subespécies: Drimys brasiliensis subsp. sylvatica, Drimys brasiliensis subsp. subalpina e Drimys brasiliensis subsp. brasiliensis.
Etimologia: Drymis significa picante em grego, sabor da casca, brasiliensis é em alusão ao habitat onde foi coletado o tipo.
Descrição: Árvore perenifólia, heliófita, espécie secundária tardia ou clímax tolerante a sombra. Sua altura atinge até 15 m e seu diâmetro 40 cm.
Distribuição: Esta espécie é nativa do Brasil, ocorre nas regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.1


Fonte:
1https://pt.wikipedia.org/wiki/Drimys_brasiliensis

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *